Como Evitar estrias

Uma das grandes lutas diárias que as mulheres enfrentam hoje em dia são justamente as estrias, que são marcas que além de deixarem a pele com um aspecto muito feio, não tem cura, pois é como se fosse um machucado pó dentro da pele, o máximo que existe são cremes e tratamentos que são caros e, portanto nada melhor do que evitar este problema.

As mulheres sempre estão procurando sempre alguma alternativa para resolver o problema, mas muitas das vezes prevenir é a melhor solução, principalmente quando a solução para algum problema estético pode custar caro e nem sempre os resultados são os esperados.

Este é o caso das estrias, que possuem diversas causas para aparecerem, que podem ser desde um ganho exagerado de peso devido à alimentação, algum remédio ou durante a gravidez, mas a boa notícia é que existem diversas maneiras de se evitar o aparecimento das estrias e isto pode custar barato ou nada, o que é mais interessante.

Abaixo algumas dicas de como evitar as tão temidas estrias:

  • Uma das maiores causas de aparecimento de estrias é o fator peso e para evitar o ganho do mesmo pratique exercícios na medida certa, sem exageros, que deixam a pele firme e o peso em dia.
  • A hidratação com óleos especiais, como de amêndoas ou de macadâmia podem ser um bom aliado para evitar à ruptura da pele, além de regiões do corpo que são críticas, como a barriga e na lateral do quadril, portanto não economize óleos nestas regiões do corpo.
  • Procure passar os cremes hidratantes como se estivessem fazendo massagem, pois assim vai estimular a pele para que se absorva os nutrientes da pele.
  • Beber bastante água, pelo menos dois litros por dia, pois a pele é o primeiro órgão que sente a desidratação do corpo e um corpo hidratado vai ter menos chances de sofrer rachaduras.
  • O colágeno é um bom elemento para ajudar na firmeza da pele e é encontrado em todos os alimentos com vitamina C, portanto abuse de frutas como laranja, acerola, caju, pois além de deixar a pele mais firme, vai ajudar no sistema imunológico do corpo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *