Pular para o conteúdo

Como curar o vício de comer por impulso

Porque comer impulsionado por uma emoção é ruim?

Primeiramente, comer impulsionado por qualquer emoção pode prejudicar muito a sua saúde, simplesmente porque talvez você não esteja com fome e isso fará com que você engorde atingindo rapidamente a obesidade, o que acarretará em uma serie de complicações em sua saúde, e não é isso que você quer, certo?

Como curar esse vício

Em primeiro momento, é necessário que se saiba como identificar quando se esta comendo devido a uma emoção, assim como também qual seria esta emoção, ou seja, se você tem o costume de se sentir sozinho, e nisto comer algo, o ideal é que você comece a se policiar para que isto não ocorra novamente, o mesmo quando esta feliz, entre outros sentimentos que podemos ter no nosso dia a dia.

É claro que controlar isto sozinho, poderá ser considerado como uma tarefa bastante difícil, e para os casos mais graves, poderá ser considerado como adequado que se procure por um especialista na área de terapia, para que assim, este possa lhe auxiliar a como identificar as emoções que sejam prejudiciais para você, ou seja, aquelas que você não saiba como lidar, e com isto acabe por descontar na comida.

Uma maneira que é considerada como bastante adequada para que se possa controlar o vício de comer, é realizar pequenas substituições por alimentos que sejam realmente de baixa caloria, como por exemplo morango, ou até mesmo melancia que são saudáveis, alimentam, e o melhor não engordam, assim como também procurar descontar as suas emoções em atividades físicas, como por exemplo fazer uma caminhada, academia, ou qualquer outro tipo de atividade que seja do seu agrado, fazendo com que isto acabe por se tornar um hábito saudável.

E claro que não podemos nos esquecer que organização pode ser a chave para o sucesso no seu caso, ou seja, determinar as refeições assim como também os horários desta, fazendo com que assim você não tenha em mãos alimentos para serem ingeridos fora do horário planejado, no entanto, como citado anteriormente, muitas pessoas podem não conseguir vencer isto sozinho, e poderá ser adequado que procurem ajuda de um especialista.

Veja o que o especialista Dr Rodolfo Aurélio diz sobre isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *